//
you're reading...
1.Books

Carlos Figari y María E. Díaz Benitez, Prazeres dissidentes, CLAM, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Editorial Garamond, Rio de Janeiro, 2009.

Díaz Benitez, María E. y Carlos Figari Prazeres dissidentes, Coleção Sexualidade, Gênero e Sociedade (CLAM), Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Editorial Garamond, Rio de Janeiro, 2009.

[Para bajar índice y prefacio de  Adriana Piscitelli haga clic en la imagen]

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Encontros interditos, narrativas obscenas, jogos sexuais proibidos, desejos periféricos e sociabilidades homoeróticas se reúnem nesta coletânea – organizada pela antropóloga Maria Elvira Diaz-Benitez e pelo sociólogo Carlos Figari – que traz, em 20 artigos, análises e reflexões sobre temas como BDSM (prática que inclui o sado-masoquismo), sexo bareback, pedofilia, incesto, escatologia, sociabilidades homoeróticas, prostituição, travestilidades e pornografia, entre outros, para além do rótulo das perversões. Os autores tentam interpretar tais práticas com objetividade e entender como elas se organizam, como se originaram e como criam sociabilidades. A ideia é tentar entender como as pessoas legitimam suas práticas. Aqui nos deparamos com novas configurações que têm, como cenário de produção cultural diversas frações da indústria cultural do sexo, websites, lugares de sociabilidade e narrativas literárias.

A presença de temáticas diversas acerca de gêneros e práticas sexuais transgressoras expressa a efervescência de um campo rico em análise na América Latina e a emergência de olhares críticos em relação à teoria e à prática etnográfica por parte de novos antropólogos.

O livro explora como é possível produzir conhecimento das práticas sexuais e eróticas que desafiam os efeitos políticos da repugnância. Aborda ainda as maneiras como se constroem subjetividades e identidades coletivas a partir de práticas sexuais alternativas, identificando suas condições de produção, suas transformações e os discursos que os agentes utilizam para legitimá-las.

 

Presentación, CLACSO, 2009

 


 

GT 17: “Deseos que confrontan: estudios sobre sexualidades disidentes”, VIII Reunión de Antropología del Mercosur (RAM)

 

 

 

About carlosfigari

PhD in Sociology (IUPERJ/Rio de Janeiro) University of Buenos Aires, Faculty of Social Sciences, Study Group on Sexualities, Gino Germani Research Institute National Scientific and Technical Research Council (CONICET)

Discussion

No comments yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

IASSCS

Blog Stats

  • 40,277 hits

Networks

El Teje Magazine

the first Latin American transvestite newspaper

Soy Magazine, Página 12

Boquitas pintadas

Boquitas Pintadas /blogs.lanacion.com

Fragmented library

Queer studies, feminism and gender dissidents

Body and Politic

Nadia Echazú Worker cooperative

Worker cooperative school for transvestites and transsexuals

Worker cooperative school for transvestites and transsexuals

Mocha Celis Popular Transgender high school

Mocha Celis, the first transgender high school in the world

Marlene Wayar

MW: First Contributions to a Trans Latin American Theory

GID Reform Advocates

Because our identities are not disordered

(STP) international campaign

Stop Trans Pathologization

lunaticxs

Slow Science

%d bloggers like this: